O desempenho dos colaboradores sempre foi um dos fatores essenciais para o sucesso de uma empresa. Mas, afinal, como mensurar a produtividade no trabalho? Durante muito tempo as organizações consideravam que era preciso produzir ao máximo, reduzindo o número de funcionários.

Percebendo que a produtividade no trabalho não poderia ser medida apenas por números, empresas passaram a incluir o capital humano como elemento-chave para alcançar o sucesso. A gestão começou a passar por uma transformação e a humanização no trabalho ampliou o foco nas pessoas e seu bem-estar.

A área de Recursos Humanos conta com ferramentas modernas e capazes de metrificar o desempenho dos colaboradores. Assim, é possível solucionar problemas de forma analítica. Confira a seguir os detalhes sobre este tema e quais são os fatores que o RH precisa considerar.

Produtividade no trabalho e eficiência

Algumas empresas, pensando em aumentar os lucros e gastar menos com a mão de obra, ampliam a carga de trabalho dos profissionais. Isso, na teoria, aumenta a produção e os custos seguem os mesmos. Mas, na prática deixa os colaboradores mais desgastados.

Você sabia que empresas como Google, Netflix e Apple são 40% mais produtivas do que concorrentes? É o que aponta uma pesquisa da consultoria Bain & Company, publicada pela revista de tecnologia Fast Company.

Um dos segredos para manter uma alta produtividade no trabalho, e também um ponto em comum entre essas gigantes, é a própria cultura organizacional voltada para a inovação. Quando a empresa estabelece prioridades, elimina processos desnecessários e demonstra confiança na equipe, tende a obter resultados melhores.

Por fim, é importante ter clareza de que produtividade e eficiência não são sinônimos:

  • Eficiência: se encaixa na questão de “fazer o mesmo com menos”;
  • Produtividade: é fazer “mais com o mesmo”.

É possível que muitos gestores acreditem que suas empresas são produtivas, quando na verdade elas são eficientes.

Lideranças inspiradoras e a produtividade no trabalho?

Talvez você já tenha feito diversas campanhas de endomarketing, promovido ações de sensibilização com os colaboradores e nada foi capaz de aumentar a produtividade da equipe. Mas, você já avaliou as lideranças da sua empresa?

Um colaborador comprometido é 44% mais produtivo do que um profissional satisfeito e, se ele se sentir inspirado por seus líderes, o desempenho pode ser 125% superior ao dos colegas apenas satisfeitos. Isso significa que as empresas que mais inspiram seus funcionários alcançam os melhores resultados.

Ainda conforme a Fast Company, na Dell as equipes de vendas lideradas por profissionais inspiradores são 6% mais produtivas do que as equipes que têm um líder médio. Pode parecer pouco, mas esse pequeno percentual representa uma receita de 1 bilhão de dólares.

Existem situações em que pessoas com potencial para a liderança inspiradora são colocados em funções que limitam seu desempenho. Um estudo publicado pela Harvard Business Review afirma que um funcionário inspirado pode produzir tanto quanto 2,25 funcionários satisfeitos.

As empresas que investem em desenvolvimento humano ajudam os colaboradores a encontrar prazer naquilo que fazem. Afinal, pessoas realizadas no trabalho são mais inspiradoras e alcançam índices mais altos de produtividade no trabalho.  

5 dicas para melhorar a produtividade do RH

A produtividade do RH também é determinante para os resultados de toda a organização. Desde a seleção dos colaboradores com o perfil da empresa, até as ações para manter a equipe motivada.

Portanto, o RH também precisa se reinventar, dar mais autonomia aos gestores, tornar as atividades mais ágeis e promover a produtividade no trabalho. A descentralização do RH pode trazer diversos benefícios para as organizações.

Confira a seguir 5 dicas para melhorar a produtividade na área de Recursos Humanos:

1. Oferecer treinamentos e workshops

É preciso entender que investir em treinamentos é investir no seu negócio. Isso faz com que os profissionais fiquem mais qualificados e consigam resolver tarefas de forma mais eficiente.

Os colaboradores que recebem essas certificações tendem a valorizar mais a empresa, porque entendem que também estão sendo valorizados por ela. É um investimento que costuma retornar ao negócio que realizou tal aposta.

2. Conceder feedback contínuo

Fornecer bons feedbacks para os colaboradores é essencial para o crescimento das empresas. Por meio desse recurso, é possível avaliar os pontos que podem ser melhorados na rotina de cada profissional. Eles também servem para promover alinhamento de ideias entre empresa e funcionários.

Uma das vantagens do feedback como prática contínua é aproximar os gestores e líderes dos times. Então, é possível criar uma ligação benéfica ao negócio, capaz até mesmo de melhorar a produtividade no trabalho.

3. Dar oportunidade de crescimento

Contar com um plano de carreira e salários é uma boa ideia, assim a pessoa tem noção de até onde pode chegar. Também é um estímulo para que apresentem um bom desempenho e contribuam com o negócio.

Quem não tem objetivos e aspirações pode ficar satisfeito com o que já possui e não buscar evoluir. Sendo assim, são colaboradores que fazem as suas funções e não vão além. Enfim, dar oportunidade de crescimento é importante, a pessoa deve entender que pode construir a vida profissional no seu negócio.

cta topo Avaliacao de desempenho e plano de desenvolvimento

4. Criar um ambiente agradável

Trabalhar em um ambiente agradável, onde as pessoas se respeitam, pode contribuir com o desempenho dos colaboradores. O ideal é que eles não se sintam pressionados a entregar resultados a qualquer custo. Isso pode atrapalhar o rendimento.

O ambiente agradável vai desde as lideranças até o relacionamento entre os profissionais. E pode impactar na produtividade no trabalho, sendo que o estresse também prejudica o rendimento dos profissionais.

5. Oferecer infraestrutura adequada

É bem mais difícil ser produtivo contando com ferramentas antigas e sistemas ultrapassados. Isso é válido, basicamente, para qualquer área e empresa. Então, é preciso investir no que há de melhor para que os profissionais sejam mais produtivos.

O ambiente de trabalho como um todo precisa ser adequado, o que envolve o espaço físico da empresa e os itens que o colaborador usa diariamente. Ao fazer um investimento em novos sistemas, eles devem se sentir mais valorizados, outro ponto que ajuda com a produtividade.

E-book Gestão Eficiente de Pessoas

Invista para melhorar a produtividade no trabalho

A tecnologia simplificou inúmeras atividades, a transformação digital está promovendo diversas mudanças e as novas gerações têm outras prioridades. Tudo isso interfere diretamente na produtividade no trabalho. O seu papel como profissional de RH é mostrar aos gestores que tudo isso impacta na produtividade no trabalho e, consequentemente, no sucesso da empresa.

Avalie todo o negócio para entender o que pode estar prejudicando a produtividade dos colaboradores. Fazendo uma revisão nos processos será possível encontrar falhas, como um ambiente de trabalho sobrecarregado, por exemplo.

Aqui na Ahgora você encontra as melhores ferramentas para RH, capazes de facilitar as atividades voltadas à gestão de pessoas. Invista em sistemas modernos para auxiliar nas atividades diárias. Entre em contato e saiba mais!